ensaio sobre a cegueira.

Acredito que a melhor maneira de se adaptar um livro para as telas do cinema é, em algum momento da feitura do roteiro, esquecer a obra original. O filme não se tornaria refém do livro. Fernando Meirelles não fez isso. Mesmo assim, considero “Ensaio sobre a cegueira” um bom filme.

Quando Meirelles assumiu a direção, o projeto de longa-metragem já andava. Roteiro terminado, o canadense Don McKellar havia comprado os direitos da adaptação e entregou o material pronto para o brasileiro. Não sabemos como foi que Don convenceu Saramago, o que teve que ceder, o que foi negociado e até que ponto teria de ser fiel ao livro.

Dito isso, o roteiro não é o ponto forte do filme. Suas maiores qualidades estão na fotografia. César Charlone acerta nos tons de branco que pintam os fotogramas. Além disso existem várias tomadas que confundem o olhar do espectador. Brincadeiras com espelhos, reflexos, eixos quebrados. Em algumas seqüências ficamos perdidos até entender o que se passa. Quando não vemos, o filme se supera. Parêntesis. De maneira alguma isso se parece com o longa português Branca de Neve, em que a tela fica negra por vários minutos. Fecha parêntesis. Essa brincadeira com o olhar pode deixar alguns desavisados inquietos nas poltronas, entretanto, é justamente isso que faz o filme mais interessante e poderoso.

Este realmente não é um daqueles longa que se assiste comendo pipocas. Não é fácil de se ver, nem se digerir. Por mais que tenha sido suavizado depois das sessões de teste, manteve-se um espírito contundente. O grande público irá fugir desse filme. Espero que mesmo assim encontre sua audiência.

Anúncios

~ por GOM em 21 setembro 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: