Museu do Futebol.

Quer ver marmanjos chorar? Assim começa o Museu do Futebol. Logo de cara, vemos depoimentos de jogadores, jornalistas e pessoas do meio futebolístico, sobre o gol que marcou a vida de cada um. São histórias e mais histórias. No final pouco importa o gol que cada um deles cita. Fica a emoção nos olhos, no falar tenso ao lembrar o momento do gol. É a força do futebol.

Depois tem o canto das torcidas. Imagens poderosas. Projetadas debaixo das arquibancadas do Pacaembu. Gritos, choros, xingamentos. Parado ali, os próprios torcedores se vêem de maneira diferente. São espectadores deles mesmo. O áudio alto nos aproxima da arquibancada. Não deve ser raro ver torcedores entoando os cantos junto com o vídeo.

Assim segue o Museu do Futebol. Conta a história do esporte no Brasil. Passa pelas copas do mundo – inclusive pela desgraça de 50. Mas não fica no mundo dos gramados. Misturam música popular, com movimentos artísticos e política. Não isolam o esporte da sociedade. Tudo está interligado.

Abusam – no bom sentido – da experiência audiovisual. Fotos, imagens, sons, palavras que te envolvem e contam a história do esporte mais popular do mundo. Dá pra fazer um paralelo com o Museu de Língua Portuguesa. Que também aposta nessa linguagem. Sem dúvida, esses dois Museus definem o futuro das exposições aqui no Brasil. É impensável retornar aos museus silenciosos e com pouca interatividade.

Por mais novo que seja, o Museu do Futebol já é passagem obrigatória para quem visita a cidade. Não é apenas para aqueles que gostam do esporte. Quem nunca gostou, pode entender o porquê dessa paixão, além de vivenciar uma experiência única audiovisual. Se você gosta do futebol, vai curtir ainda mais e – com certeza – se emocionar.

O Museu do Futebol fica no estádio do Pacaembu. Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. Fecha em dias de jogo. Ingressos, inteira R$ 6,00 e meia R$ 3,00. Barato e vale muito a pena.

Anúncios

~ por GOM em 10 outubro 2008.

2 Respostas to “Museu do Futebol.”

  1. queria muito ir, mas acho que só vou poder passar por são paulo depois de fevereiro. o museu é fixo ou temporário?

  2. o museu é fixo. está lá pra sempre.
    quando vier, faço questão de te levar lá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: