Janela indiscreta, Woolrich.

Livro de contos de Cornell Woolrich, mais conhecido por conter a história que deu origem ao filme clássico de Alfred Hitchcock. Janela indiscreta tem ainda outros quatro contos. Todos são bem escritos, rápidos de ler, mas com muita emoção.

Num caso raro, o filme Janela indiscreta é superior ao conto. Não é que seja ruim, ou que não tenha valor. O filme eleva todas as ideias de Woolrich ao quadrado. O interessante é notar que as outras histórias são longas esperando para acontecer. Qualquer uma delas renderia um belo filme de suspense. E um suspense muito bem elaborado. Um diretor mediano – consciente de sua pouca capacidade – faria um bom filme com facilidade, bastaria não inventar muito e manter o espírito de Woolrich.

Impulso e Três horas são daqueles que te deixam preso na cadeira. Tentando ler rápido para ver o que acontece no final. A tensão sai das páginas e toma seu corpo. Já Post mortem e Homicídio trocado apostam numa trama trabalhada.

De uma certa forma, esse conjunto de contos pode ser visto como uma aula de roteiro. Como criar uma trama sem furos, sem deixar de lado revelações e surpresas.

Anúncios

~ por GOM em 3 abril 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: